Receitas

Batatas gratinadas

Batatas amo de todas as formas, cozidas, fritas, recheadas, assadas, mas se me apresentarem umas batatas gratinadas… Meu deus que petisco! Estas são Low FODMAP para que possas acompanhar o teu prato principal sem dor de barriga e com todo o prazer da comida!

Receita de Batatas gratinadas

Tempo de Preparação: 10 minutos
Tempo de cozedura: 50 minutos
Tempo total: 1 hora

Porção Low FODMAP: Total da receita

Ingredientes

  • 6 batatas (médias)
  • 40 g de manteiga
  • 40 g de farinha sem glúten
  • ½ lt de leite sem lactose
  • Sal
  • Pimenta
  • Noz-moscada q.b.
  • 200 g de queijo ralado sem lactose

Modo de preparação

  • Descasque, lave e coza as batatas num tacho com água cerca de 20-25 minutos. Verifique a cozedura espetando uma faca;
  • Escorra as batatas, deixe arrefecer e corte-as em rodelas a seu gosto;
  • Distribua as batatas numa assadeira;
  •  Prepare o molho: num tacho deite a manteiga e deixe derreter, adicione a farinha e envolva bem com uma colher de pau. Acrescente, pouco a pouco e em fio, o leite, vá mexendo até obter um creme homogéneo. Se estiver muito espesso acrescente com um pouco mais de leite;
  • Fora do lume, acrescente metade do queijo, envolva bem e tempere a seu gosto com uma pitada de sal, pimenta e noz-moscada;
  •  Cubra as batatas com o molho e polvilhe com o resto do queijo ralado.
  • Leve ao forno a 200º, cerca de 15-20 minutos, até gratinar.

 

Espero que gostem tanto desta receita como eu! Bom apetite,

Inês Carvalho (@lowfodmapt)

Veja também estas receitas

Salada de Natal

Festiva, diferente e saborosa, esta salada é o acompanhamento baixo em FODMAPs ideal para este Natal. Veja aqui como fazer.
Ver Receita

Lasanha Vegetariana

Uma lasanha vegetariana versátil, simples e com bechamel caseiro.
Ver Receita

Crumble de Framboesa e Morango

Delicie-se com esta sobremesa crocante e saborosa, sem preocupações.
Ver Receita

O que acha deste site

Responda a 3 questões e ajude-nos a perceber o que podemos melhorar.
As suas respostas são anónimas e ajudarão toda a comunidade a ter uma melhor experiência.

1 Eu…

(opcional)
Próxima pergunta

2 Indique, de 1 a 5, se recomendaria este website a outra pessoa.

Próxima pergunta

3 Que conteúdo gostava que continuássemos a actualizar? (seleccione apenas 2)

(opcional)
Enviar

Terei Síndrome do Intestino Irritável?

Alguma vez pensou demoradamente no que ia pedir num primeiro encontro, com receio de que a sua decisão pudesse levar a uma urgente (e inconveniente) ida à casa de banho? Procura sempre a casa de banho de qualquer espaço público assim que entra, como um espião altamente especializado? Já gastou mais em papel higiénico do que em artigos de “higiene pessoal”?

Dificuldades com a digestão são mais comuns do que possa pensar. Apesar de patologias como a SII serem frustrantes, não são definitivamente algo pelo qual deva sentir vergonha.
Começar

Fase 1

Tem, com frequência, dor ou desconforto abdominal que alivia após evacuar?

Sofre com frequência dor abdominal que provoca uma grande urgência em evacuar?

Os sintomas acima descritos duram há mais de 3 meses?

Costuma interromper as suas atividades diárias devido aos sintomas acima descritos?

Próxima pergunta

É pouco provável que seja Síndrome do Intestino Irritável. No entanto, se os sintomas persistirem ou piorarem, consulte um profissional de saúde.

Fase 2

Sente regularmente a sua barriga inchada ou distendida (pense numa gravidez de 6 meses)?

Considera os seus movimentos intestinais “irregulares” (muito frequentes ou pouco frequentes, diarreia ou obstipação)?

As suas fezes têm uma forma anormal (formato, textura, consistência)?

Tem gases com muita frequência?

Tem dificuldade em evacuar (esforço, urgência ou dor)?

Concluir

De acordo com os critérios de Roma IV, é provável que tenha SII. Aconselhamos que consulte um profissional de saúde.

Saiba mais sobre o que dizer na consulta e os tratamentos existentes para gerir os seus sintomas: