Glúten

Glúten

Quem tem SII costuma associar o consumo de alimentos com glúten ao aumento dos sintomas. Parece fazer todo o sentido, temos ouvido falar do glúten como algo “mau” nos últimos anos, portanto, deve ser esse o problema. A realidade é que o glúten não é um hidrato de carbono, mas sim uma proteína, presente em alguns grãos como trigo, centeio, espelta e cevada. Ora, estes grãos têm elevados níveis de açúcares fermentáveis, conhecidos como frutanos – os verdadeiros responsáveis pelo aumento dos sintomas da SII. 

Assim, a exclusão de alimentos com glúten não é estritamente necessária, a não ser que tenha sido também diagnosticado com doença celíaca – para quem tem esta doença, o glúten causa inflamação e danifica o revestimento do intestino delgado.

Isto significa que, mesmo que compre um produto sem glúten pode ainda ter sintomas, visto que o produto continua a ter frutanos. 

Recomendação: Não se limite a deixar de consumir alimentos com glúten. Por um lado, pode tolerar um certo nível de frutanos, precisando apenas de adequar o seu consumo. Por outro, os produtos sem glúten continuam a ter frutanos, por isso, se vir que não os tolera, consumir estes produtos não fará diferença. Considere falar com o seu médico sobre a possibilidade de ser intolerante ao glúten, caso ele não peça um exame de despiste no diagnóstico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O que acha deste site

Responda a 3 questões e ajude-nos a perceber o que podemos melhorar.
As suas respostas são anónimas e ajudarão toda a comunidade a ter uma melhor experiência.

1 Eu…

(opcional)
Próxima pergunta

2 Indique, de 1 a 5, se recomendaria este website a outra pessoa.

Próxima pergunta

3 Que conteúdo gostava que continuássemos a actualizar? (seleccione apenas 2)

(opcional)
Enviar

Terei Síndrome do Intestino Irritável?

Alguma vez pensou demoradamente no que ia pedir num primeiro encontro, com receio de que a sua decisão pudesse levar a uma urgente (e inconveniente) ida à casa de banho? Procura sempre a casa de banho de qualquer espaço público assim que entra, como um espião altamente especializado? Já gastou mais em papel higiénico do que em artigos de “higiene pessoal”?

Dificuldades com a digestão são mais comuns do que possa pensar. Apesar de patologias como a SII serem frustrantes, não são definitivamente algo pelo qual deva sentir vergonha.
Começar

Fase 1

Tem, com frequência, dor ou desconforto abdominal que alivia após evacuar?

Sofre com frequência dor abdominal que provoca uma grande urgência em evacuar?

Os sintomas acima descritos duram há mais de 3 meses?

Costuma interromper as suas atividades diárias devido aos sintomas acima descritos?

Próxima pergunta

É pouco provável que seja Síndrome do Intestino Irritável. No entanto, se os sintomas persistirem ou piorarem, consulte um profissional de saúde.

Fase 2

Sente regularmente a sua barriga inchada ou distendida (pense numa gravidez de 6 meses)?

Considera os seus movimentos intestinais “irregulares” (muito frequentes ou pouco frequentes, diarreia ou obstipação)?

As suas fezes têm uma forma anormal (formato, textura, consistência)?

Tem gases com muita frequência?

Tem dificuldade em evacuar (esforço, urgência ou dor)?

Concluir

De acordo com os critérios de Roma IV, é provável que tenha SII. Aconselhamos que consulte um profissional de saúde.

Saiba mais sobre o que dizer na consulta e os tratamentos existentes para gerir os seus sintomas: