A Fibra alimentar

A Fibra alimentar

A fibra da fruta, dos vegetais, frutos secos, legumes e grãos integrais são o melhor combustível para a microbiota intestinal, ajudando a proteger a barreira intestinal, a melhorar a função imunitária e a prevenir a inflamação. Mas, para quem tem SII, “fibra” pode fazer soar alarmes. 

Vamos perceber melhor o que é isto da fibra alimentar?

As fibras alimentares podem ser divididas entre solúveis e insolúveis, entre hidratos de carbono de cadeia curta ou de cadeia longa, do tipo fermentável ou não fermentável. Os FODMAPs (Fermentable Oligosaccharides, Dissacharides, Monosaccharides and Polyols) podem ser considerados hidratos de carbono de cadeia curta, solúveis e de tipo altamente fermentável. 

Fibra Insolúvel: Não se dissolve em água. Encontra-se principalmente nas hortaliças e outros hortícolas e nos cereais inteiros e seus derivados integrais (ex. pão escuro, arroz e massas integrais, cereais de pequeno almoço integrais, etc.).

Ajuda a dar volume às fezes e a que estas retenham água suficiente para serem suaves e fáceis de passar, estimulando ainda a motilidade intestinal. Esta estimulação faz com que o tempo de exposição da parede do cólon a agentes potencialmente nocivos seja menor, mas o suficiente para que estas fibras contribuam para a proliferação de bactérias que ajudam a proteger a parede do cólon. 

Fibra Solúvel: Dissolve-se em água, e pode ter, ou não, viscosidade. Encontra-se principalmente nos frutos, hortícolas, leguminosas e alimentos contendo aveia, cevada ou centeio (exs: pectina). Aumenta o tempo de absorção dos nutrientes no intestino delgado e a saciedade, e contribui para a redução do total de glicose e de colesterol absorvidos pelo intestino.

Não comer fibra suficiente, ou comer em demasia pode piorar os sintomas da SII. 

Regra geral, um adulto deve consumir cerca de 25-30gr de fibra por dia, coisa que muitos de nós não fazemos. O nutricionista pode recomendar o aumento da ingestão de fibra de forma a regular as fezes, reduzir dor abdominal e meteorismo (presença exacerbada de gases no intestino).

Nem todos os tipos de fibra são benéficos para pessoas com SII, e uma recomendação genérica de aumento de fibra seria inapropriada, uma vez que pode fazer com que os sintomas piorem. Mas pode ser um tratamento inicial eficaz, especialmente para as pessoas com tendência a obstipação.

Ao começar um regime de suplementação de fibra, pode haver um período de transição em que sente inchaço, desconforto e alterações de hábitos intestinais.

O aumento gradual da ingestão de fibra pode modificar, melhorar e, em algumas pessoas, eliminar os hábitos intestinais anormais e sintomas dolorosos associados à SII. 

Recomendação: Fale com o seu nutricionista para ajustar o seu consumo de fibras e, juntos, perceberem se será uma solução para si, antes de passar a dietas mais restritivas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O que acha deste site

Responda a 3 questões e ajude-nos a perceber o que podemos melhorar.
As suas respostas são anónimas e ajudarão toda a comunidade a ter uma melhor experiência.

1 Eu…

(opcional)
Próxima pergunta

2 Indique, de 1 a 5, se recomendaria este website a outra pessoa.

Próxima pergunta

3 Que conteúdo gostava que continuássemos a actualizar? (seleccione apenas 2)

(opcional)
Enviar

Terei Síndrome do Intestino Irritável?

Alguma vez pensou demoradamente no que ia pedir num primeiro encontro, com receio de que a sua decisão pudesse levar a uma urgente (e inconveniente) ida à casa de banho? Procura sempre a casa de banho de qualquer espaço público assim que entra, como um espião altamente especializado? Já gastou mais em papel higiénico do que em artigos de “higiene pessoal”?

Dificuldades com a digestão são mais comuns do que possa pensar. Apesar de patologias como a SII serem frustrantes, não são definitivamente algo pelo qual deva sentir vergonha.
Começar

Fase 1

Tem, com frequência, dor ou desconforto abdominal que alivia após evacuar?

Sofre com frequência dor abdominal que provoca uma grande urgência em evacuar?

Os sintomas acima descritos duram há mais de 3 meses?

Costuma interromper as suas atividades diárias devido aos sintomas acima descritos?

Próxima pergunta

É pouco provável que seja Síndrome do Intestino Irritável. No entanto, se os sintomas persistirem ou piorarem, consulte um profissional de saúde.

Fase 2

Sente regularmente a sua barriga inchada ou distendida (pense numa gravidez de 6 meses)?

Considera os seus movimentos intestinais “irregulares” (muito frequentes ou pouco frequentes, diarreia ou obstipação)?

As suas fezes têm uma forma anormal (formato, textura, consistência)?

Tem gases com muita frequência?

Tem dificuldade em evacuar (esforço, urgência ou dor)?

Concluir

De acordo com os critérios de Roma IV, é provável que tenha SII. Aconselhamos que consulte um profissional de saúde.

Saiba mais sobre o que dizer na consulta e os tratamentos existentes para gerir os seus sintomas: